Isso mesmo! Antes de começarmos, faça uma pergunta a si mesmo: Minha empresa possui um propósito? Se sim, qual?

Se você demorou mais de 5 segundos para nos responder, atente-se: não possuir um propósito é uma das causas do fracasso de muitos empreendimentos e as vezes isso passa por despercebido. Mas calma, nós vamos te ajudar!

Vamos começar entendendo qual é o sentido da palavra propósito. Segundo o filósofo Aristóteles:

“quando as suas autênticas qualidades se cruzam com as necessidades do mundo, aí nasce a sua vocação, o seu propósito.”

Você deve estar se perguntando: “Tudo bem, mas o que isso tem a ver com o meu empreendimento?” E a resposta é: tudo a ver! O propósito de uma empresa é, basicamente, o motivo pelo qual ela existe e o que sua existência acarreta na sociedade. Esse objetivo é muito mais profundo (e interessante) do que “gerar lucro”.

A gigante Uber, por exemplo, possui este propósito: “Criamos oportunidades ao colocar o mundo em movimento”. Podemos garantir que esse propósito está contido em cada pessoa que trabalha lá, e que cada tomada de decisão é norteada por ele. Agora está fazendo mais sentido?

A grandiosa loja de roupas Riachuelo possui o seguinte propósito: “Riachuelo, o abraço da moda”. E foi assim, querendo “abraçar” o Brasil com a moda, que eles foram se expandindo ao ponto de serem a maior empresa de moda do nosso país.

Quando possuímos um propósito bem definido se torna mais fácil traçarmos estratégias, pois sabemos exatamente qual é nosso objetivo e aonde queremos chegar! Por isso, é muito importante que você reflita antes de definir o propósito da sua empresa, pois ele será o maior guia para suas ações.

“Se um homem não sabe a que porto se dirige, nenhum vento lhe será favorável.” – Sêneca

Pronto! Agora que você já definiu seu propósito, o que deve ser feito? Primeiramente, faça com que seus colaboradores compartilhem desse propósito e se sintam motivados a trabalhar por ele. E depois, mostre ao mercado a diferença que sua empresa faz na vida de cada um e no país como um todo.

Uma empresa não existe apenas para gerar lucro e seus colaboradores não devem estar lá apenas para bater metas e alcançar os objetivos financeiros, é muito mais que isso! Dê um sentido a existência da sua empresa, e, consequentemente, ao trabalho dos seus colaboradores!

 

Gostou do conteúdo? Caso ainda tenha alguma dúvida, fique a vontade para entrar em contato conosco.