Então colega, se você chegou até aqui é porque quer resolver o seu problema. Admitir os erros e tentar corrigi-los é a parte mais importante desse processo todo, pois a mudança só acontece com quem está disposta a fazer acontecer. Parabéns!

Vamos fazer isso em 3 passos, começando pelo começo – haha,  só uma piadinha para descontrair. Sacode essa poeira, arregaça as mangas porque agora é a hora de colocar a mão na massa!

 

1.Como está sua vida agora?

É necessário que você se faça algumas perguntas no momento. Por que você está lendo esse texto? Qual comportamento você tem que faz com que sempre te “falte tempo” para realizar suas tarefas? Qual o seu gatilho para a procrastinação? Colocar isso na ponta do lápis pode te ajudar a ficar alerta e enxergar com mais facilidade.

Geralmente temos uma ação que leva a procrastinação. Se você chega em casa e pede uma pizza e enquanto espera ela chegar você deita no sofá para ver TV, e depois desse momento você não é mais produtivo, temos aí um gatilho. Sentar para ver TV foi a ação que levou você a encerrar o ciclo de produtividade do dia. Ter consciência dos seus gatilhos é essencial para dribla-los e aumentar o seu tempo de produção. Calma, não estou dizendo que está proibido ver TV, longe de mim! Mas pensa só, se você começar a ver TV uma hora mais tarde, e usar essa uma hora para fazer suas tarefas gradativamente. Assim você evita o desespero e a correria no dia anterior às entregas, fazendo com que você não durma por muito tempo, e muito menos veja TV.

 

2. Defina objetivos de curto e longo prazo

Para atingir seus objetivos é preciso tomar decisões. Essas decisões envolvem a escolha das suas prioridades no momento, e toda escolha descarta as outras possibilidades. Essa parte é chata, eu sei. Afinal, quem não quer fazer aquele happy hour com os amigos na quarta-feira, em vez de estudar praquela provinha chata de cálculo? Mas a vida é assim, e tudo tem o seu momento. Sem efetivamente fazer essas escolhas, você não consegue se organizar e criar uma boa rotina.

No livro Effective Execute, Peter Drucker explica que, depois de definir os objetivos e definir o que é mais importante, você deve fazer tudo que estiver ao seu alcance para concretizar as ações. Assim, seu esforço será válido, e a recompensa chegará.

Pense na sua vida como uma empresa. A empresa só prospera se tiver definido objetivos claro e maneiras de alcança-los. É necessário criar metas e se esforçar para cumpri-las, pois dessa maneira estaremos sempre nos desenvolvendo e fazendo o melhor.

Eu sei que ninguém muda da noite pro dia, mas é necessário realmente tentar e ter comprometimento. Se “fazer exercícios físicos” for um deles, ao invés de prometer que segunda-feira você começa, saia para correr hoje e amanhã faça sua inscrição na academia. Comece indo 3 vezes por semana e veja que com o tempo vai virar um hábito e vai ficando mais fácil e natural. Se seu objetivo acadêmico é se formar em 2 anos, se planeje! Coloque tudo na ponta do lápis, veja se é um objetivo alcançável, elabore maneiras de fazer acontecer e crie metas mensais para que você não saia dos trilhos. Monitoramento é essencial!

Lembre-se que é interessante termos um objetivo ligado a cada área da nossa vida, afinal ninguém vive só de trabalho e estudos. Se divertir, ter tempo para os amigos e família é essencial nesse processo de equilíbrio da vida, pois eles são uma parte da motivação para o seu crescimento pessoal e profissional.

 

3. Deixe tudo à vista

Essa é a melhor parte do rolê, te garanto. Mesmo que você não seja a louca dos sprays e das cartolinas como eu, que busca motivos pra pregar as coisas na parede, você vai conseguir se organizar de maneira prática e eficaz.

Para isso primeiro precisamos escolher o método, trouxemos dois deles aqui pra vocês:

 

Metodo GTD: O objetivo dele é te ensinar a usar seu tempo de uma maneira amais eficiente. Focando na organização de suas tarefas por prioridades, afim de alcançar melhores resultados. Para isso temos alguns passos:

1º passo – Capturar: Nessa primeira etapa, o objetivo é listar tudo que você precisa fazer.
2º passo – Esclarecer: Tenha em mente exatamente o que você precisa fazer em cada uma das tarefas que você listou no passo anterior.

3º passo – Organizar: Ordene da maneira que achar melhor os itens da lista, e separe-as de acordo com a semelhança. Por exemplo, se tem na sua lista “Enviar e-mail para o meu orientador” e “compartilhar conteúdo nas redes sociais”, coloque-as em sequência, pois aí você usa o computador uma vez só.

4º passo – Refletir: Faça a revisão da sua lista de tarefas pelo menos uma vez na semana, afim de garantir que nada fique esquecido.

5º passo – Engajar: é o momento de executar, de fato, as tarefas que você colocou na sua lista. Bora levantar a bunda da cadeira, campeã(o)!

Quer saber mais sobre esse método?

Assista esse videozinho aqui: https://www.youtube.com/watch?v=kcpvbo4IQlo

 

Método Kanban: Esse método é mais do que uma metodologia de gestão de tempo, ele também é uma técnica de gerenciamento de projetos que é muito usada em empresas. O foco é planejar melhor o seu dia e o andamento das suas tarefas

Essa metodologia consiste em agrupar tarefas em um quadro dividido por listas. Manualmente (ou com ajuda de um software), cada tarefa deve ser escrita em um cartão e transferida de acordo com o andamento de seu processo.

Por exemplo: criar um quadro com listas intituladas “em andamento”, “concluído” e “a iniciar” e ir posicionando as tarefas em cada divisão, à medida que vão sendo realizadas.

 

 

Para ambos os métodos, temos alguns aplicativos e softwares que facilitam a sua vida (caso não seja adepto aos trabalhos manuais. Caso seja, é só comprar uma cartolina, usar uns post-its e mandar ver.

  1. Trello:software que utiliza a metodologia kanban, ideal para gestão de projetos.
  2. Evernote:na nuvem, oferece opções como criar listas, lembretes e anexar documentos, além de poder compartilhar esses conteúdos com outras pessoas.
  3. Google Tarefas: aplicativo para capturar as tarefas do método GTD.
  4. Google Calendar:um calendário digital que indica quais são suas tarefas e quando deverão ser entregues.

 

Se você leu até aqui, então já tem a faca e o queijo na mão para mudar sua vida. Te desafio a organizar a sua próxima semana inteira, usando qualquer um dos métodos, e contar pra gente como que foi essa experiência e qual o impacto imediato que já gerou na sua vida. Lembre-se, ter uma vida equilibrada é um exercício diário, onde é necessário entrega e comprometimento. O lado bom é que o mais favorecido é você.

Nessa segunda-feira estávamos conversando na reunião do departamento sobre você, aluno como nós. Chegamos à conclusão de que não estávamos fazendo um conteúdo direcionado para você, e muito menos, tínhamos a informação principal que é “sobre o que vocês querem ler”? O que podemos levar até você, que possa ajudar em algum âmbito, seja pessoal, profissional ou estudantil?

Vamos aguardar sua resposta!